É BRINCADEIRA? NÃO SÓ MAIS UMA DO TEIXEIRINHA


#CulturaParaTodos

#CulturaParaTodos

Posto para conhecimento e reflexão, manifestação na Tribuna Livre da Câmara em junho de 2016 alertando vereadores, conselheiros, entidades e artistas sobre os graves problemas verificados no funcionamento do ConCult e seus reflexos no processo de concessão de subsídios a (algumas poucas) entidades culturais de Rio Claro.

João Baptista Pimentel Neto*

Nesta manifestação pública, mais uma vez fiz um apelo para que todos se empenhassem na resolução destes problemas, alertando que caso não fossem resolvidos, surgiriam novamente em 2017. Infelizmente, como comprovam os últimos acontecimentos, meus alertas e apelos não receberam a devida atenção. E sou – somos – obrigado a enfrentar uma situação ainda mais grave do que a que ocorreu em 2016.

Porém, tenho absoluta certeza que os desdobramentos e consequências das decisões que ontem foram “aprovadas” na reunião do ConCult serão muito diferentes das ocorridas em 2016. E neste sentido, enquanto membro titular do ConCult, quero registrar e tornar público meu posicionamento contrário as decisões “aprovadas” na reunião realizada ontem.

Registro que meu posicionamento foi fundamentado no meu entendimento que as decisões “aprovadas” pelo ConCult por diversos motivos carecem legitimidade e legalidade jurídica. Entre os motivos merece destaque a falta de quorum mínimo previsto para que o Conselho aprove deliberações.

Manifesto também que – decorridos seis meses da “nova” administração – mais do que surpreso, me senti ontem indignado ao constatar a desatenção, incompetência e falta de critérios igualitários que estão sendo praticados. Tudo patrocinado e comandado por agentes políticos nomeados por um Prefeito que enquanto vereador me disse trocentas vezes ser totalmente contrário aos mesmos encaminhamentos que recebem hoje o aval de sua administração.

É brincadeira? Não apenas mais uma do Teixeirinha.

Sim do Teixeirinha. Já que o fato ocorrido ontem é apenas mais um que me deixa claro que quem governa Rio Claro hoje não é o Juninho da Padaria, mas sim o Prefeito Teixeirinha, cujas ações comprovam minha convicção de que tudo que o Juninho disse antes na verdade não passava de “mentirinha”.

Neste contexto, é que faço questão de reafirmar com as decisões e deliberações “aprovadas” na reunião do ConCult da última quarta feira (21/06).

Assim é que finalizando e inspirado no Ministro digo:

“Por responsabilidade e respeito a cidadania, me vejo obrigado a participar deste velório. Não me obrigarão porém, a carregar este caixão. Até porque, resta-me ainda esperanças de que este “defunto” que querem rapidamente enterrar, na verdade ainda esteja vivo. Desconfio mesmo que este corpo que – por obrigação -velo agora, esteja apenas adormecido ou dopado por aqueles que tem interesse em enterrá-lo e que assim procedem pois temem as verdades que o defunto revelará caso subitamente levante deste caixão, provando a todos que ainda está vivo”.

Viva a Cultura.
Viva minha querida São João Batista do Ribeirão Claro.
Cultura é a Mãe!

João baptista Pimentel neto
jornalista, gestor e produtor cultural

Anúncios

Um comentário sobre “É BRINCADEIRA? NÃO SÓ MAIS UMA DO TEIXEIRINHA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s