É MUITA LAMBANÇA, TÔ PASMÔ!


“A HISTÓRIA SE REPETE, A PRIMEIRA VEZ COMO TRAGÉDIA, A SEGUNDA COMO FARSA E SE ACONTECE PELA TERCEIRA VEZ, GANHA ARES DE NORMALIDADE, COMO UMA PRÁTICA SOCIAL E CULTURALMENTE ACEITÁVEL.

NO BRASIL, ESTAS PRÁTICAS SÃO CONHECIDAS COMO “O JEITINHO BRASILEIRO”. JEITINHOS QUE QUASE SEMPRE UTILIZAM PRÁTICAS ILEGAIS E CONDENÁVEIS. JEITINHOS QUE APENAS CONTRIBUEM PARA QUE O BRASIL E NÓS BRASILEIROS SEJAMOS VISTOS COMO UM DOS POVOS MAIS CORRUPTOS DO MUNDO.

SOMENTE PROFUNDAS MUDANÇAS CULTURAIS MUDARÃO O BRASIL
É NISSO QUE EU ACREDITO. QUE A CULTURA É A MÃE. MÃE DE TODOS OS PROBLEMAS E MÃE DE TODAS AS SOLUÇÕES.”.

João Baptista Pimentel Neto150“Não se coloca ordem na bagunça, bagunçando ainda mais o coreto.”
João Baptista Pimentel Neto

Nesta semana em entrevista ao Grupo Rio Claro – Sp sobre assuntos relacionados ao ConCult – Conselho Municipal de Política Cultural. Confiram:

Nesta entrevista reafirmei meus posicionamentos e avaliações sobre diversas questões, em especial, ao contínuo descumprimento de normas básicas e incontornáveis para que as decisões e os atos decorrentes tenham efetiva legalidade.

Reafirmei também meu posicionamento contrário a decisão da Administração Municipal de conceder neste ano  subsídios para apenas duas entidades culturais e condeno a injustificável atitude do Prefeito João Teixeira Junior de encaminhar projetos de lei para a Câmara Municipal de Rio Claro, sem os pareceres legalmente exigidos.

Critico também o tratamento negligente e desrespeitoso da Secretária Municipal de Cultura, Daniela Ferraz  que não só tinha pleno conhecimento desta exigência legal, mas foi diversas vezes alertada desde a primeira reunião ordinária do ConCult em 2017, realizada em no dia 11 de fevereiro, para a necessidade de agilizar o processo de aprovação das contas das entidades que foram subvencionadas pela Prefeitura durante o exercício de 2016.

Neste contexto, como ocorrido no ano passado, a falta dos pareceres resultou na necessidade de aprovação de pedidos de vista pelos vereadores e tem submetido os Conselheiros do ConCult a críticas, pressões e constrangimentos públicos. Colocando-os na berlinda e em situações que considero no mínimo desagradáveis.

João Baptista Pimentel Neto

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s